O Diário de Débora

Vídeo novo no meu canal!

Resolvi gravar a série “Meus livros”, sobre os livros que publiquei. Começando com o primeiro, “O Diário de Débora”, lançado em 2003, e sua continuação, de 2005 =) Do que fala, como foi escrever, o que os leitores costumam me falar, tem tudo isso lá. Só dar um play!

 

4 comments to “O Diário de Débora”

Você pode deixar um comentário ou Trackback para esse texto.

  1. Juliana - 2 de julho de 2015 at 22:50 Reply

    Oiee!
    Acompanho seu trabalho desde a época da Capricho,o blog,a página é tudo mais.
    Mas nunca li seus livros,não sei Nem dizer porque,mas me ver você falando da Débora,me deus uma saudade da minha época de adolescente,a adolescência naquela época era tão mais leve…Enfim,parabéns pelos livros,certeza vou compra-los agora mesmo e aguardar o novo livro…. 😉

    Beijos

  2. Açucena - 10 de julho de 2015 at 2:23 Reply

    Nossa eu nao conhecia você até agora !! Eu peguei um livro na biblioteca da minha cidade “Diario de Débora” estou adorando ler este livro, fiquei a tarde inteira lendo ele rsrsrsr ai eu fui ver quem foi a escritora genial que escreveu este livro, e vi o seu nome e fui pesquisar sobre o livro e sobre você !!!
    Adoro este tipo de livro !!!!!
    Muito criativa e linda !!! Fiu fiu rsrs
    Bjss

  3. Gabriela - 11 de julho de 2015 at 0:17 Reply

    Olá, Liliane!
    Passei minha adolescência te lendo. Super fã da coluna “Quase Nada”, que achava uma pena ser mensal. Rs* E lia seu todas as postagens do seu blog.
    Li os dois livros da Débora, e lembro que eles são maravilhosos!
    Vim aqui porque vi que seu novo livro será lançado e reconheci aos personagens na sinopse e por isso resolvi ver se era algum tipo de continuação. Amei esse vídeo sobre os livros. Foi muito bom ser uma adolescente de 16 anos com uma “amiga literária ” da mesma idade. Tirando o foco da virgindade, Débora era bem foguenta, nós passamos por muitos conflitos juntas.
    Li os dois livros. Tenho um e uma amiga me emprestou o segundo. E seu vídeo me deu vontade de reler.
    O vídeo e o volta da Débora adulta.

Deixar comentário

Your email address will not be published.