Três Viúvas

TRES_VIUVAS_1372376879BE eis que meu segundo livro pela Planeta está saindo! Vi a capa pela primeira vez na sexta e estou apaixonada por ela até agora. Aliás, ao contrário do que manda o ditado, vivo escolhendo livro pela capa, como já comentei aqui. E quem escolher Três Viúvas pela capa não vai se decepcionar: delicada, suave, ela é bem condizente com o espírito do romance.

É estranho ter lançado Muriel, um livro juvenil de fantasia (atípico, vá lá, como bem observou uma leitora, mas um livro juvenil de fantasia), e lançar agora esse, que não tem nada de juvenil, nem de fantasia? Para quem compra um esperando que seja parecido com o outro, com certeza. Mas, para mim, não tem nada de estranho: como já falei muito aqui, gosto de contar histórias de todo tipo e elas nascem de mim mais ou menos da mesma maneira.

No início de 2010, O novo mundo de Muriel estava pronto, mas sem editora. À revelia, idem. O livro que passei cinco anos revisando (ainda inédito), também. Foram tantas dezenas de recusas que aquilo foi me minando, sabe. O fato de trabalhar em casa não ajudava muito em termos de um contexto animador para se viver – se eu ainda trabalhasse na Capricho na época das recusas, teria sido muito mais fácil: aquele ambiente e aquela socialização toda me deixavam empolgada. Mas era difícil permanecer animada quando estava de pijama o dia todo, fazendo meu almoço e meu jantar, tomando café sozinha, no sofá. Eu tinha duas aulas por semana na faculdade, mas estudar filosofia não é exatamente uma injeção de ânimo. Entrei num curso de teatro para me sentir mais leve, e funcionava – mas apenas enquanto eu estava no curso. De volta para casa, eu voltava para aquele estado melancólico, não queria sair da cama etc.

Bom. Fui melhorando, até que, em meados de 2010, consegui energia suficiente para transformar a tristeza daquele período em escrita. E daí numa tarde, quando eu estava tomando o meu café no sofá, me veio a história de Três Viúvas.

Então, como se vê, Três Viúvas tem um espírito melancólico, e um estilo de narrativa mais lírico, delicado.  E conta uma história que não é sobre meus dias naquela época, minhas cartas de recusa e meu onipresente pijama e coque, mas sobre… três viúvas.

A ideia inicial, que tinha surgido no sofá, era começar com um acidente e ir alternando um capítulo para cada viúva, até as três se conhecerem. Fiz a escaleta bonitinha. E, na hora de escrever, acabei mudando bastante o roteiro. Duas viúvas já se conheciam e uma delas teria menor peso que as outras. A sinopse ficou sendo a seguinte:

Claudia e Ísis perderam o marido no mesmo dia. Os dois estavam no mesmo carro, e elas acabam se conhecendo. Por causa de um episódio na juventude, Claudia perdeu a vontade de viver há muitos anos, enquanto Ísis se apaixona e se desapaixona pela vida num ritmo alucinado, preocupando a mãe e confundindo a filha. Sob o mesmo teto, Ísis e Claudia acabam trocando suas experiências. A apática Claudia pode surpreender com sua capacidade de despertar de seu estado anestésico, enquanto a intensa Ísis parece cada vez mais perdida.  O livro fala sobre as diferentes maneiras com que as pessoas lidam com suas tristezas e frustrações e como procuram dar, cada um à sua forma, sentido à vida.

Coloquei um trecho do livro aqui.

É um dos meus textos de que mais me orgulho. Estou emocionada com este lançamento. Quem ler, conta o que achou! 🙂

5 comments to “Três Viúvas”

Você pode deixar um comentário ou Trackback para esse texto.

  1. Nina - 2 de julho de 2013 at 20:11 Reply

    Ai que tudo: eu, sendo citada numa crônica da Lili Prata. Muito obrigada. e já estou no aguardo de “Três Viúvas”. Beijão.

  2. Luana Furtado - 3 de julho de 2013 at 14:47 Reply

    Adoro, adoro! =) Quando vai ser o lançamento? Nesse eu preciso ir!!

  3. Didi - 4 de julho de 2013 at 11:38 Reply

    Lili, eu preciso dos seus livros! Quero tanto que eles cheguem até aqui.. tem como ???

  4. Ana Paula Lou - 5 de julho de 2013 at 17:34 Reply

    Comendo a capa com os olhos, sonhando com a leitura do livro <3
    Amei ;-)))))

Deixar comentário

Your email address will not be published.