A delícia de ler o que quiser

Na última quarta eu estive em Orlândia (SP), e na próxima quinta estarei em Atibaia (SP), dando palestras a convite do projeto Caminhos da Leitura. Meu tema: liberdade na literatura – a delícia de ler e escrever sem se preocupar com gêneros literários. Tem uma frase do filósofo Voltaire que adoro: “Afora o gênero tedioso, […]

Ansiedade, escrita e Muriel

Ou se é ansioso, ou se é escritor. Se você é as duas coisas, você vai sofrer. Um dia, tomei a decisão de ser o que eu sempre quis ser, escritora. Mas eu sempre fui ansiosa. Então sofro, fazer o quê. Lembro de quando escrevi um livro, mandei para algumas editoras e recebi minha primeira […]

Raio-X

Tem gente que lê a alma da gente. Pode reparar: tem gente que, depois de olhar alguém por alguns instantes, de conversar por alguns minutos, saca esse alguém. Invade seu dentro e fica à vontade. A maioria de nós não se deixa tomar pelo outro. Pelo menos não de cara. A maioria de nós precisa […]

O papel do colunista

Qual é o papel do colunista? Estou falando sobre o colunista de revista, do jornal, da internet. Mas não do colunista-especialista – o veterinário que escreve no suplemento de bichos, o psicanalista que fala dos traumas, o economista do caderno de economia. Estou falando do colunista que não tem autoridade nenhuma além do fato de […]

Depois de trinta anos

Ele entrou na livraria correndo. Nunca havia entrado naquela livraria, fazia anos que não entrava em livraria nenhuma, mas não chegou a fazer essa constatação. Apenas enfiou sem muita certeza o guarda-chuva molhado no balde de alumínio à sua direita – “será que não é uma lixeira?”, chegou a pensar – e secou na própria […]

A mãe, o nugget e Barcelona

Eu estava grávida de três ou quatro meses e tinha um aniversário de criança para ir. Filho de uma ex-chefe do meu marido. Nunca gostei muito de aniversário em bufê infantil, mas, com dois ou três meses de gravidez, eu estava empolgadíssima com tudo o que se referia a crianças – claro que, depois que […]

5 livros para repensar a vida

Minha amiga Isabella e eu sempre trocamos sugestões de livros. Nosso gosto quase sempre bate, é impressionante! Foi ela que me indicou o premiado autor japonês Yasunari Kawabata, de quem li Beleza e Tristeza e A dançarina de Izu, e a cubana Wendy Guerra e seu Nunca fui primeira Dama, entre muitos outros. A Isa […]

Feminismo para não feministas

Muitos associam feminismo a agressividade ou simplesmente chatice. Lembro de uma amiga que, quando me visitava, sempre ficava de olho na divisão das tarefas domésticas aqui de casa. Eu e meu marido nunca tivemos uma conversa a respeito, a divisão de tarefas sempre foi bem natural – mas, quando ela vinha, eu torcia para que […]

Blog novo de novo!

Faz uns dez anos que tenho o blog – acho que nem dá para falar “este” blog, porque começou no Blogspot, foi para o UOL, para algum lugar obscuro que não lembro e aí veio para o WordPress. No começo, o blog contava basicamente sobre o meu dia a dia. Eu gostava muito de ter […]