Ela e as justificativas dela

Ela não queria ter filhos. Nunca quis ter. Nas duas vezes em que casou, deixou claro ao marido que não pretendia engravidar. Ela usava esse verbo, pretender, mas era só para não se mostrar muito inflexível. Porque não é que ela não pretendia: ela não teria filhos. Simples assim. Quer dizer, não tão simples. Porque […]

Duas vidas, duas abordagens terapêuticas

São dois primos, amigos meus, e sempre tiveram muita coisa em comum. Basicamente, insegurança e baixa auto-estima. Nunca foram muito com a cara de si mesmos e  acabavam se contentando com relacionamentos ruins, para descrever o problema como quem preenche o formulário de um hotel. Bem, os dois resolveram fazer terapia. Cada um com um […]

Sobre bandeiras e eleições

Há algum tempo, tenho pensado sobre essa pressa – essa tendência? – de marcarmos logo um X entre um grupo de opções dadas. Mesmo quando não tem ninguém nos apressando, quando podíamos pensar mais um pouco antes de marcar. Ou, mais ainda: mesmo quando não precisávamos marcar X nenhum. Preferimos silêncio ou agitação? Poucos ou […]