Era para ser uma pergunta simples

Eu e uma amiga num café, no domingo. Demos um abraço e:

Eu: E aí? Tudo bem?
Ela: Na boa, por que você tá perguntando isso?
Eu: ?
Ela: Você sempre me pergunta se eu tô bem. Você sabe que a resposta é não. Sempre é não.

Pausa. Tentando melhorar o ânimo dela, que é uma das minhas melhores amigas, eu:

Eu: Certo, sei que você está passando por um período difícil. É só uma fase, tenha paciência.
Ela: é uma fase que já tá durando seis anos, Lili.

Desisti e pedi meu sundae, enquanto pensava no que vou passar a usar no lugar de “E aí? Tudo bem?”

(Até agora, só consegui pensar num simpático “E aí? Indo de mal a pior?”)

Deixar comentário

Your email address will not be published.