Como meu irmão me ama

1 – Ele põe minhocas na minha cabeça
Estávamos vendo TV, hoje, quando ele comenta:
Ele: é tão legal ter irmãos, não é verdade?
Eu: é, sim…
Ele: Você sempre pode contar comigo. Quando alguém aqui em casa reclama de você, eu sempre te defendo…
Eu: hum? O que reclamam de mim?
Ele: ah, quando a mamãe vem desabafar comigo sobre o seu jeito de ser… quando recrimina alguma atitude sua… eu sempre digo: “A Lili é assim, devemos entendê-la”
Eu: assim como? Do que ela reclama?
Ele: na sua última visita, por exemplo… a mamãe reclamando… e eu: “Calma, é o jeito dela”
Eu: Mas que jeito???
Ele: ainda bem que você tem a mim.
Eu (desistindo e me sentindo a filha-problema): é, ainda bem… eu acho.

2- Ele faz com que eu me sinta um saco de batatas
Ele estava lendo no quarto, eu na sala.

Ele: vem ler aqui comigo!
Eu: ah, tá tão bom aqui…
Ele: vem! Por favor, vamos aproveitar que você está em BH para ficarmos juntos!
Eu: tá bom.

Fui. Li por quinze minutos na cama, ao lado dele, e:

Ele: pronto, agora volta pra sala, que eu vou dormir.
Eu: !!!
Ele: quando eu acordar, te chamo de novo, ok?

Assim caminha a fraternidade.

Um ótimo Natal a todos!

Deixar comentário

Your email address will not be published.