Sobre como minha avó acaba comigo sem necessidade

Sábado à tarde, em BH, minha mãe fazia um café enquanto eu conversava com minha avó na sala. Conto as novidades do trabalho, da faculdade de filosofia, etc, e ela:

Avó: quanta coisa acontecendo na sua vida! Que bom é viver, você tem tanta coisa pela frente, é tão jovem!
Eu: pois é, é bom ter 26 anos!
Eu: você já está com 26 anos?! Nossa, pensei que estivesse com uns 20!

Deixar comentário

Your email address will not be published.