Conversas peculiares sobre amigos, otimismo e batatas

Vim para Belo Horizonte passar o carnaval, ver meus amigos e minha família, comer o arroz doce da minha mãe, me divorciar, etc. Meu namorado veio comigo. Minha viagem ainda não acabou, mas, até este momento, já me rendeu pelo menos duas…

… conversas peculiares

Conversa 1
Tema: o otimismo da minha avó
Local: casa da minha tia
Pessoas envolvidas: eu, meu namorado e minha avó

Eu: Vó, este é o meu namorado, M.
M.: Olá!
Vó: Oi, M.! Que fofo que ele é, minha filha! Há quanto tempo vocês estão juntos?
Eu: Uns seis meses.
Vó: Pouco tempo… seis meses… vamos ver se dura pelo menos um ano, né.

Conversa 2
Tema: batatas
Local: minha casa/casa do Bruno
Pessoas envolvidas: eu e meu amigo Bruno
Objeto envolvido: telefone

(Parênteses necessário: na sexta-feira à noite, eu e o M. saímos com meus amigos Fernanda, Diorela, Bruno e amigas da Diorela. Na hora de ir embora, Bruno nos convidou para um jantar na casa dele, no domingo. Domingo chegou, liguei para o Bruno).

Bruno: Alô.
Eu: Oi, Bru, liguei pra saber se vamos jantar aí ho…
Bruno: Claro! Como assim, já estou arrumando as coisas aqui, está superconfirmado. Vocês vêm que horas?
Eu: Hmm, oito e meia, mais ou menos. Tá? Até mais, bei…
Bruno: Espera! O que vocês vão querer comer?
Eu: Sei lá, não somos enjoados, qualquer coisa.
Bruno: Batatas! Batatas assadas ou francesas, pode ser?
Eu: Ótimo! Batatas.
Bruno: Se bem que a Fernanda não gosta de batata, né?
Eu: Todo mundo gosta de batata! Bei…
Bruno: Espera! O problema é que aqui em casa não tem batata.
Eu: (…)
Bruno: Passa no supermercado antes e compra batata, pode ser? Batata e refrigerante, que aqui em casa não tem refrigerante, não tem batata… traz um doce também.
Eu: Bruno, tá tudo fechado, é domingo de carnaval! A gente chega aí e come o que tiver, torrada, banana, qualquer coisa, tá? Bei…
Bruno: Já sei! Esquece a batata, vou fazer minha famosa “pasta primavera”.
Eu: O que é pasta primavera?
Bruno: É uma delícia, é uma pasta que eu faço, de frango…
Eu: Ótimo, não tenho que levar batata, então.
Bruno: Claro que não, sua louca! Você ta prestando atenção? Traz frango!

Desliguei. Oito e meia chegamos lá. No menu, macarrão primavera. Sem batata. Nem frango.

Deixar comentário

Your email address will not be published.