Sobre meu oftalmologista implacável

Ontem de manhã tive um problema na hora de colocar minhas lentes de contato: meus olhos arderam muito e ficaram vermelhos e lacrimejantes o dia inteiro. Acometida por um momento de responsabilidade (ou por uma crise desesperada de hipocondria), liguei para o oftalmologista de uma amiga e marquei consulta para hoje de manhã, menos de 24 horas depois dos primeiros sintomas. O problema é que meu oftalmologista de BH era um doce. A gente conversava durante a consulta, ele era compreensivo, etc. E esse meu novo oftalmologista é… implacável. Vamos a alguns fragmentos da minha consulta:

Dr. Implacável: Você dorme de lente?
Eu: Durmo.
Dr.: Ah, é? Você dorme de lente??
Eu (já percebendo que tinha dado a resposta errada): Só seis vezes por semana… um dia por semana eu tiro… Mas é que minha lente é especial, sabe. Está escrito na caixa que pode dormir com ela….
Dr.: Bom, então leia lá na caixa como cuidar do seus olhos irritados.

Eu: Sabe, eu morro de vontade de fazer cirurgia para miopia…
Dr.: E não faz por quê?
Eu: Porque eu tenho medo! Me dá nervoso!
Dr.: Então você não morre de vontade. Se morresse de vontade, faria.

Eu: Você não acha que cirurgia para miopia parece aquela cena de Laranja Mecânica?
Dr.: Não.

(O pior é que estou reclamando, mas vou voltar lá na segunda-feira. Afinal, ele terminou a consulta me dando um papel e falando: “Gostaria que você fizesse esses exames na segunda-feira. Você é quem sabe se vai fazer ou não”. Odeio ameaças que jogam toda a responsabilidade para cima do meu livre-arbítrio! Depois de ouvir isso, é óbvio que vou voltar lá).

Deixar comentário

Your email address will not be published.