Cheetos para sempre

Eu tinha uns seis anos e estava participando de uma excursão do colégio para não sei onde. Na hora do lanche, abri bem feliz minha latinha de Coca e meu pacote de Cheetos. Nessa hora, a professora falou:

Professora – Argh! Como criança pode gostar de uma porcaria dessas? É tão salgado, e parece isopor.

Olhei para a professora com ódio e, nesse dia, eu jurei que continuaria gostando de Cheetos quando crescesse.

Cresci, seja lá o que isso significa, e me sinto uma traidora toda vez que vou ao supermercado e passo na frente da prateleira da Elma Chips. Eu definitivamente não gosto mais de Cheetos. É realmente salgado, e parece isopor.

Ah, vida, vida.

Deixar comentário

Your email address will not be published.