A dona de casa contraditória

Como vocês sabem, depois que eu passei a usar lentes de contato, meu lado de dona de casa exemplar, que até então eu desconhecia, ganhou vida. Contudo, meu velho lado de dona de casa relapsa não me abandonou por completo – de modo que, agora, existe dentro de mim uma personalidade de dona de casa relapsa e uma de dona de casa exemplar (o que talvez me torne uma dona de casa mais relapsa ainda, mas não vamos ser pessimistas). O que vou fazer na seção de hoje, então, é contar as atitudes relapsas e exemplares que tomei na minha rotina de dona de casa contraditória desta semana:

Atitude exemplar: o doce momento de lavar as folhas de alface para o almoço.

  1. Sacudi as folhas vigorosamente para sair um pouco de terra e um pouco de bichos
  2. Dei uma rápida lavada nas folhas com água corrente
  3. Separei folha por folha e lavei uma por uma com água corrente
  4. Conferi folha por folha, para ver se não tinha nenhum corpo estranho
  5. Deixei as folhas no líquido higienizador de verduras por quinze minutos
  6. Enxagüei as folhas com água corrente
  7. Sequei cada folha individualmente

(E minha mãe que diz que fazer almoço para só uma pessoa não dá trabalho).

Agora chegamos ao que me atrapalha.

Atitude relapsa número um: novamente, uma lâmpada daqui de casa queimou. E eu, novamente, em vez de comprar uma lâmpada nova, só peguei uma de um cômodo menos usado.

Atitude relapsa número dois: descobri que ler no meu quarto quando a cama está arrumada é muito mais agradável. Como não vou arrumar a cama todo dia, passei a dormir por cima do edredom, usando outro edredom para me cobrir. Praticamente um sanduíche.

2 X 1.

Deixar comentário

Your email address will not be published.